quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Resenha: Em Busca de Wondla

Bom, hoje eu trago aqui a resenha do livro Em Busca de Wondla, do escritor e ilustrador Tony DiTerilizzi.

Título: Em Busca de Wondla
Título Original: The Search For Wondla
Autor: Tony DiTerilizzi
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 400



Sinopse

Em busca de WondLa - Eva Nove tem doze anos e sempre morou com Mater, uma robô azul-clara extremamente amorosa e maternal, em um abrigo subterrâneo ultratecnológico no planeta Orbona. Quando um estranho invade e destrói o lar que as duas dividem, a menina é obrigada a fugir para a superfície — um mundo que ela só conhece por meio de holoprogramas. Apesar do perigo, é a primeira chance que tem de perseguir seu maior desejo: encontrar alguém como ela, outro humano. Eva sabe que eles existem porque guarda um item valioso: uma ilustração de uma garotinha, um adulto e um robô, junto de uma estranha palavra: “WondLa”. A busca vai levá-la a descobertas que vão muito além de suas maiores expectativas, em uma jornada surpreendente, divertida e emocionante, que vai tirar o fôlego do leitor e inspirar muitos sonhos.

Resenha

  Antes de falar propriamente da história, gostaria de comentar sobre a edição do livro. O livro tem seu título hot stamp, com uma ilustração fantástica ao inicio de cada capítulo, além de outros no decorrer do livro. Ele é no formato de brochura, contém orelhas e suas páginas são amareladas. A edição como um todo não tem nada de muito especial, mas é realmente bonita apesar de simples. Uma coisa que achei muita interessante também, foi que todas asa ilustrações são feitas em tons de verde, já no segundo livro (que em breve vou fazer resenha), tem suas ilustrações em tom de azul. Ao final do livro também encontramos um mapa do mundo em que se passa a história, além de um alfabeto do idioma falado.
  O livro é narrado em primeira pessoa, e conta a história de Eva nove, uma garota humana que foi criada em uma casa subterrânea chamada de santuário, por uma robô chamada Mater. Essa robô, tem como função ensinar tudo que Eva nove precisa saber sobre a Terra, para que um dia ele possa ir a superfície. Eva sempre perguntou a Mater o motivo pelo qual não podia ir a superfície, e porque não podia encontrar com outros da sua espécie. Eva nunca obteve resposta satisfatórias sobre o assunto, e a única pista que ela tem é uma foto que encontrou onde há garota andando de mãos dadas com um robô e um adulto, junto das palavras WondLa.
  Apesar de ser um livro de fantasia, a história é de fácil entendimento, por conta das ilustrações, não à necessidade de descrições muito detalhadas sobre o cenário e os personagens. Falando agora sobre a personagem, Eva nove é uma garota muito curiosa e impulsiva, devido o modo como foi criado. Sempre quis sair e conhecer o mundo fora do santuário, mas Mater nunca à permitiu fazer isso.
  Uma das únicas companhias de Eva a princípio, é um dispositivo inteligente chamado de Onipod, que fornece informações sobre o mundo a sua volta e sobre si mesma. Depois de alguns capítulos vários outros personagens entram na história, e é muito interessante a forma como Tony os desenvolve e trabalha com eles. Um desses personagens é Andrílio Kitt, que servirá como uma espécie de guia e conselheiro para Eva nove, durante toda sua jornada.
  O livro também conta com um recurso muito interessante, o livro diz que no site oficial você poderá encontrar um mapa interativo do percurso que Eva Nove faz ao longo da história. Isso demonstra como o autor quer nos proporcionar uma experiência nova e completamente diferente quando lemos o livro. A história é bem interessante, e é muito legal ver a evolução da personagem no decorrer da história, tanto no primeiro quanto no segundo livro. No momento a editora Intrínseca publicou os dois primeiros livros da trilogia, o terceiro foi publicado em maio do ano passado nos EUA. Como a editora não deu previsão para quando o terceiro livro chegará no Brasil, eu compre pela Amazon a edição americana, que infelizmente ainda não chegou. Bom, Em Busca de Wondla é uma boa história, eu tive uma boa experiência lendo o livro, e o recomendo para qualquer fã de fantasia. Porém não o leia esperando nada de espetacular, apesar de diferente a história é bem simples e previsível, não encontrei quase nenhum elemento a mais do oque já havia visto em outras histórias do gênero. Por isso minha avaliação final para o livro Em Busca de Wondla é 3 estrelas.

  


  Então é isso, se inscreva no blog e curta a página no Facebook, até amanhã.

Nenhum comentário :

Postar um comentário



© | 2015 | Mais um livro na estante | Todos os direitos reservados |